Entenda os sinais que indicam se você precisa trocar de roteador Wi-Fi

É quase absoluto dizer que todos que tem internet em casa possuem um roteador Wi-Fi. Isso ocorre porque esta é a tecnologia responsável por disponibilizar os sinais e conectar todos os sinais à mesma rede. Embora o roteador seja considerado um dispositivo essencial, geralmente é ignorado em salas mais ocultas.

Esse pode ser um dos motivos pelos quais sua internet apresente alguns problemas, por exemplo: internet lenta demais, falta de segurança na sua senha, devido ao número de dispositivos conectados à rede, dificuldade para conectar.

É  para evitar que a maioria destas situações aconteça, apenas evite que o roteador Wi-Fi fique desatualizado. Porém, antes de sair comprando equipamentos e gastando dinheiro, é preciso confirmar se realmente há esta necessidade  e avaliar o método de conexão.

É importante realizar testes de velocidade (existem alguns serviços gratuitos, saiba como fazê-los aqui) e comparar se o desempenho da rede Wi-Fi corresponde ao pacote de serviços contratado e a capacidade que está sendo entregue pelo operador.

Preocupados com a grande quantidade de reclamações e problemas desse tipo apontados pelos nossos clientes e colaboradores reunimos cinco sintomas que indicam que não vai ter escapatória se não, trocar o bendito roteador.

Neste artigo nós abordaremos:

  • Lentidão e instabilidade na rede Wi-Fi
  • Problemas no alcance de sinal
  • Vários dispositivos conectados à mesma rede
  • Falta de segurança
  • Interferências na rede
  • E o que raios é dual-band?
  • Conclusão

A leitura é longa, mas é gratificante. Então cafezinho na mão e vamos em frente…

Lentidão e instabilidade na rede Wi-Fi

Você normalmente aluga um serviço de Internet mais rápido e poderoso, mas sua conexão não muda e continua lenta. Se você já confirmou que o operador estiver fornecendo os Mega contratados, um dos motivos dessa lentidão pode ser um problema com o seu roteador. Nesse caso, uma possibilidade é que o dispositivo esteja desatualizado, motivo pelo qual não pode fornecer esse tipo de conectividade ou estabilidade à rede.

Fizemos um artigo explicando tudo sobre a Fibra Óptica que está inundando Caldas Novas. Entenda como funciona e saia na frente.

Problemas no alcance de sinal

Se o seu roteador for muito antigo, talvez você não consiga distribuir o sinal para todos os cômodos da casa,  agora é hora de alterá-lo para a versão mais recente. A essa altura, você precisará considerar o tamanho da casa, porque muitos cômodos ou paredes espessas podem interferir no sinal.

Nesse caso, a simples substituição do roteador antigo não é suficiente para expandir seu alcance. O ideal é você comprar um extensor ou repetidor de sinal. A função deste dispositivo é aumentar o sinal gerado pelo roteador para fornecer um alcance maior para a rede Wi-Fi.

Vários dispositivos conectados à mesma rede

Quando vários dispositivos estão conectados à mesma rede Wi-Fi, a velocidade da Internet sempre diminui porque eles começam a compartilhar MBps. Segundo alguns fabricantes, essa situação piora se o roteador estiver desatualizado ou se a velocidade estiver abaixo de 300 Mbps. Outra causa de interferência pode ser o uso da rede por todos na casa.

A melhor maneira de resolver esse problema é verificar se o seu roteador atende realmente a sua necessidade, porque cada dispositivo tem suas próprias recomendações. Portanto, ao mudar o dispositivo, considere o ambiente, o link de Internet necessário e o número de dispositivos que podem ser conectados, sem afetar seriamente a conexão.

Nós preparamos um E-Book muito especial sobre esse tema  para que você possa saber mais detalhes sobre a quantidade de Mbps que você realmente precisa. Para baixar, é só clicar aqui!

Falta de segurança

Seu roteador velho pode não ter a tecnologia mais recente para proteger sua privacidade e salvar dados e informações. Atualmente existem  dispositivos que incluem recursos de nuvem (armazenamento de informações). Por exemplo, esse recurso permite visualizar quem está conectado à sua rede, acessar seu histórico de navegação e até bloquear páginas. Essa tecnologia pode ser uma boa opção para adultos que têm filhos em casa e desejam algum controle sobre o que podem acessar.

Interferências na rede

Como mencionado anteriormente, o problema de interferência na rede nem sempre tem a ver com o serviços contratado pela operadora. Geralmente, os roteadores antigos não têm o desempenho necessário para atender aos requisitos do contrato e usam apenas a faixa de frequência de 2,4 GHz como padrão.

No entanto, atualmente, para evitar interferências com outros dispositivos eletrônicos, a situação ideal é encontrar um roteador funcionando a 5Ghz, chamado de dispositivo Dual Band

E o que raios é dual-band?

Roteadores dual-band operam nas duas faixas: 2,4 e 5 GHz. Se você procurar um novo aparelho, não abra mão de um desses, já que com o tempo a tendência é que mesmo áreas em que existem poucas redes acabem ficando mais poluídas. É fácil de identificar produtos dual-band pela classificação 802.11ac, o chamado Wi-Fi de quinta geração.

E outra, roteadores dual-band não são mais tão caros. Há uma grande quantidade desses aparelhos disponível no Brasil por preços na casa dos R$ 200. Entre os bons modelos estão:

  • TP-Link Archer C20
  • D-Link DIR 809
  • Belkin F9K1102 N600 DB
  • Multilaser RE075
  • Linksys E2500BR

Conclusão

Sabemos que existem muitos e muitos outros problemas que podem acontecer com a sua conexão mas saiba que para todos eles nós temos um time de pronta resposta. Esperamos que este artigo possa ajudar você de alguma maneira a identificar, resolver esse problema e navegar de forma plena e satisfatória. Conte sempre com o nosso apoio. Fale agora com o um especialista.